25 de jul de 2013

Os piores berros contra o maior Filósofo do Hemisfério


Olá, amigos leitores. Este é um post que dedicarei a defender de algumas acusações bizarras o filósofo e jornalista campinense Olavo de Carvalho. Retirei essas acusações daquela página que me adora, a Anarcopombuxos, digo, Anarcomiguxos, e decidi, então, dar milho aos pombos enxadristas e responder a elas uma a uma. Digo, porém, que esse material anti-Olavo já é velho e que já foi melhor refutado pelo blogueiro Gustavo, do Blog do Contra. Caso queiram, então, uma resposta mais detalhista, recorram a essa que citei. Enfim, vamos aos trabalhos.

VOCÊ SABIA:

A ONU apoia o terrorismo?

Se a ONU efetivamente agisse contra os terroristas, poderíamos até rejeitar completamente essa hipótese, mas ambos sabemos a conivência da ONU em relação a diversos atos terroristas ao longo dos anos. Sendo assim, a hipótese de Olavo, se partirmos da premissa de que um conivente é um cúmplice, e portanto um apoiador, é muito plausível.

Há uma conspiração comunista global e o movimento gay é parte dela?

Sim, sabia, mas eu admito que não sabia que o movimento gay, que sequer anda se preocupando em representar dignamente a maioria dos homossexuais, tinha se tornado intocável. É bom lembrar, sempre, que ser gay não é nem chegou a ser um ato revolucionário, o que, me parece, o movimento gay quer mudar. Então, sim, Olavo também está, no mínimo, perto da realidade nisto aqui.

A Lei da Inércia é falsa e Isaac Newton era burro?

Do que eu saiba, a crítica principal do Olavo a Newton é o fato de sua filosofia ter dado munição para que o materialismo se expandisse monstruosamente dentro das ciências e da própria sociedade. Assim, Newton seria um gênio matemático, mas burro em outras coisas, o que, convenhamos, é bem mais aceitável do que desmerecer toda a obra filosófica de alguém apenas porque este falou algo diferente do que aceita a comunidade acadêmica.

Há livros ensinando crianças fazer sexo oral com elefantes?

Com elefantes, não, mas com outras crianças, sim. E, não, o nome "kit-gay" não foi um espantalho, por mais que as moçoilas politicamente corretas teimem.

O Brasil hoje é uma ditadura comunista?

O que eu sabia, e que o Olavo sempre fala, é que há um plano que já está direcionando o Brasil e o resto da América Latina para o Comunismo, e que há fortes evidências, entre elas a repressão às antigas crenças “opressoras” e a seus crentes e a troca disso tudo pela nova ordem “por um mundo melhor”, para dar um mínimo de crédito a Olavo. 

Ah, nossa, é mesmo, esqueci, o PT, apesar de sua crença no estado inchado, de seus 39 ministérios e de todas as suas políticas anti-Livre Mercado, “virou à direita”.

A mídia apóia os gays para promover o controle populacional?

Desta, eu confesso, nunca ouvi falar – também porque não se costuma igualar “gays” a “movimento gay” -, mas, se aceitarmos a premissa , curiosamente bem aceita pela Sociologia, de que foi também graças à família tradicional que a civilização ocidental pode prosperar e sobreviver, e a de que os marxistas detestam esta civilização e não medirão esforços para levá-la à ruína cultural, essa afirmação também será, no mínimo, próxima à realidade.

O marxismo nasceu do satanismo?

Apesar de não se poder atribuir diretamente ao satanismo o nascimento do Marxismo (e, creio, não foi realmente o que o Olavo fez), é inegável que os dois têm algumas coisas em comum, sendo a principal dela o ódio declarado às religiões, que Marx expressou muito claramente ao escrever, em uma das partes de seu Manifesto Comunista (1848), que “a religião é o ópio do povo”.

E, não, não adianta virem me dizer que esse ópio pode ser entendido como “remédio” ou coisa assim, pois eu li o referido Manifesto e sei que o contexto não dá vazão a essa interpretação. Tentem outra.

Karl Marx não curtiu sua falta de estudo, brou
Darwin é o pai do nazismo?

Pai não, talvez avô, pois Darwin provavelmente não esperaria que sua ideia sobre a evolução das espécies fosse a inspiração para a ideia psicótica do Darwinismo Social de Spencer, ideia essa que gerou algo ainda mais psicótico, que foi? BINGO, o Nazismo.

A web foi criada para combater o ateísmo?

Confesso que, dessa frase, nunca ouvi falar, mas posso garantir, com quase 100% de certeza, que está fora do contexto ou que foi deturpada, e falo isso com base nas outras perguntas feitas.

O ser humano não precisa de cérebro pra viver?

Do que eu saiba, o ser humano anencéfalo consegue viver por alguns minutos, mas não por muito tempo. O detalhe é que existe uma diferença muito grande entre “viver” e “ser considerado uma vida”. Supondo que a fala esteja relacionada à questão do Aborto e que Olavo falou que um anencéfalo continua sendo uma vida, nada há de tão errado aí. Pena que, já que não se mostra de onde cada frase foi tirada, preciso ficar nas suposições. Ah não, isso é bom, pois mostra que quem está criticando o Olavo está sendo desonesto e que provavelmente está batendo em espantalho.

O nazismo e FMI são de esquerda?

Sobre o nazismo, é fácil para qualquer um com mais de 15 anos de idade e um mínimo de estudo e de pensamento lógico notar que existe, de fato, uma enorme diferença entre louvar o Estado e louvar o Mercado. Como sabemos, Hitler, com suas políticas, procurou sempre aumentar o Estado e corporativizar o Mercado, o que o torna bem mais próximo da esquerda do que da direita. Já sobre o FMI, se considerarmos que a ótica deles é tão ou mais dinheirista do que a da esquerda, a frase terá seu fundo (e sua superfície) de verdade.

Bill Clinton era um agente de Pequim?

Percebe-se que quem elaborou esse questionário, de fato, sequer lê o que escreve Olavo, pois, ao ler o texto dele sobre o ex-presidente estadunidense, um trecho em especial me chamou a atenção:

Graças a um bem calculado discurso "politicamente correto", o novo governante tornou-se um ídolo da esquerda, a qual moveu céus e terras para mantê-lo no cargo a despeito de um variado leque de acusações que, entre futilidades sexuais, imbróglios financeiros e uma multidão de pequenos watergates, incluía alguma coisa de perfeitamente sério e apavorante: a suspeita de favorecimento à espionagem nuclear chinesa. A imprensa bem-pensante resistiu a toda investigação do assunto.” (grifo meu)

Pois é, pelo visto, não foi apenas a imprensa americana que não quis investigar um assunto.

Os EUA entraram no Vietnã para perder?

Colocar soldados inexperientes no campo de batalha e não procurar se informar antes sobre o estilo de combate dos vietnamitas definitivamente não é o que eu chamaria de querer ganhar uma guerra.

Há 40 milhões de comunistas no Brasil?

Contando apenas os eleitores do PT, temos 50 milhões. Se colocarmos estudantes universitários, militantes do PCB, PSTU, PC do B e PSOL,  ainda teremos um pouco mais, e isso porque não estou colocando todas as esquerdas no mesmo balaio dos comunistas, porque aí, meu amigo, os números seriam, de fato, assustadores.

Não há diferença genética entre humanos e chimpanzés na gestação?

Se considerarmos que a diferença entre os dois após o nascimento é mínima e irrisória, a possibilidade de não haver diferenças genéticas pelo menos no começo da gestação é bem real. Mas, mais uma vez, não sei o contexto do qual isso foi tirado, e, como diria uma professora amiga minha, “um texto sem contexto é mero pretexto”.

O empresariado nunca se organizou politicamente?

De fato, não, pois não há, na história brasileira, qualquer registro de candidatos apoiados puramente por empresários, ao contrário do que aconteceu com barões do café, pecuaristas em geral e, pasmem, militantes de esquerda. Também não ouvi falar de partidos compostos puramente pelo empresariado, mas, enfim, isso deve ser porque eu não sou um iniciado nos livros de história dos comunistas (vulgo: apostila do ensino médio).

A ditadura foi branda e tinha eleições democráticas?

Primeiro que, em algumas cidades do interior, existiam sim eleições para prefeito. Na minha cidade natal, por exemplo, não se tem registro de qualquer prefeito apontado pelos militares. Fora isso, perto de ditaduras como as de Mao e de Stalin, a nossa, com seus menos de 400 mortos, não chega sequer ao nível de bullying escolar.

Che Guevara invadiu Angola 8 anos após a sua morte?

Fato, isso não aconteceu. O que de fato aconteceu foi a intervenção cubana na independência da Angola, que se tornou, por meio da propaganda castrista, o símbolo maior do guevarismo, ou coisa assim. Ainda assim, quero saber de onde isso foi tirado, rs.

O PT é responsável pela morte de 50 mil pessoas por ano?

Ao fazer de tudo para que a conivência com crimes hediondos continue, sim, o PT se torna responsável pela morte de mais de 50 mil brasileiros por ano. Pena, porém, que, para a atual esquerda, pobreza (ou “ser oprimido”, como eles adoram falar), aparentemente, justifica qualquer tipo de crime, seja leve, seja hediondo. No mundo real, chamamos isso de “bandidomania”, no mínimo, e de “sadomasoquismo”, no máximo.

O General Geisel era comunista?

Comunista, de fato, não, mas, com toda a sua reverência ao Estado inchado, de direita é que Geisel não era.

Bush manteve seu país totalmente a salvo de ataques terroristas por oito anos?

Utilizo-me, aqui, da velha citação de Christopher Hitchens: “O que pode ser afirmado sem evidências, pode ser descartado sem evidências”. Fora isso, convenhamos, pelo menos mais a salvo do que na Era Obama, a nação americana estava.

Sua mãe sabe que você anda afirmando sem evidências na internet?
Bom, era isso. Espero que os amigos leitores tenham gostado do post, que procurem mais sobre a obra do filósofo antes de criticá-lo, que não caiam na besteira de me chamar de olavette - afinal, só o seria se fosse conservador e se concordasse com tudo o que ele diz - e que continuem com seus perspicazes comentários.

Enfim, até mais e um abraço, amigos leitores!

NOVOS PODCASTS:

35º Podcast de Octavius:  Frangos, Palmares e Bambis (de novo)

16 comentários:

  1. Meu deus! Olha faz tempo que não vejo tanta besteira.
    Sobre a ONU nada a comentar não sou especialista em como funciona assa parte nela.
    Sobre a conspiração marxista com o movimento gay esse não foi massacrado pelos comunistas em Cuba China e U.R.S.S. (Já vi vc afirmando isso!)
    Sobre o Brasil! Ditadura comunista com partido no poder financiado por empreiteira? O PT endireitou no sentido de que não se opõe ao modo capitalista de produção.
    Sobre o Nazismo e a esquerda é só rizadas. Afinal o nazismo não aboliu a propriedade privada, não achava o conceito de luta de classes válido, o nazismo não tinha ideia de distribuição de renda, o nazismo é nacionalista e o comunismo sempre teve pretensão internacionalista, as ditaduras de esquerda cometiam crimes com base em ideias politicas e nunca atacou por razões de etnia e etc... O FMI é um banco que financia as tais politicas de austeridade (Supercomunista isso em?).
    O Clinton agente de Pequim! KKKKKKKKKKKKK Próxima.
    Sobre o Vietnã foi simplesmente incompetência mesmo.
    vc lê os relatórios da comissão da verdade? Se lê vc percebera que nossa ditadura não foi branda, com direito a campos de concentração de indigenas e ataques a civis com bombas de Napalm! Alem de censura, torturas e etc... E ele foi apoia em grande parte pelos empresários Brasileiros e não se existia comunistas no exercito Brasileiro nessa época todos que tinham ou foram expulsos em 1964!
    OU SEJA! VAI ESTUDAR ESTORIA MENINO! ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  2. Antonio, há quanto tempo, caro amigo. Enfim, vamos às respostas.

    Sinceramente, não sei nem por onde começar. Primeiro, você diz que viu um monte de besteiras, e em seguida aponta para a minha resposta sobre a ONU e, pasmem, apenas diz que não é especialista no assunto. Eis um ótimo começo para refutar um "monte de besteiras", não acha?

    Depois, você fala que é impossível a conspiração dos comunistas com o movimento gay porque este foi massacrado pelos soviéticos, chineses e cubanos quando eram comunistas. Sinceramente, aqui só pode faltar estudo, porque, do que se saiba, o lobby gay só começou a ocorrer NO OCIDENTE (China excluded, portanto, e URSS também, até certo ponto) a partir da década de 1980. Prova disso é que a homossexualidade teve o status de doença até o ano 1990, se bem me lembro. Quem foi quase exterminado, portanto, foram os gays, não os ativistas gays.

    Pena para você, porém, que tanto eu quanto vocês sabemos que o marxismo heterodoxo rejeitou a homofobia há algum tempo e vem, sim, militando pró-gay, ou, melhor dizendo, pró-gays revolucionários que querem fazer as coisas de cima para baixo e ajudar na destruição da civilização ocidental CRISTÃ. Lembre-se também de que, antes de homofóbico, o marxismo é antirreligioso e não hesitaria em se aliar ou em até criar uma militância gay revolucionária.

    Já sobre nazismo e esquerda, concordo, foram só risadas, especialmente porque nem eu nem Olavo falamos, seja no meu texto ou nos dele, que o nazismo é comunista, mas sim que ele é, de fato, uma ideologia de esquerda. Ora, mas não eram vocês que sempre disseram que existe esquerda fora do Comunismo? Pois então, estou simplesmente aceitando vossas premissas e mostrando, claramente, que o nazismo, assim como qualquer regime de esquerda, adora um Estado-babá (e sabemos que o Comunismo não foge à regra, pois, para chegar à utopia sem Estado, é necessário, primeiro, um Estado forte e dominador)e inchado. Então, lamento, Antonio, errou de novo.

    Mas, seus erros não param por aí. Quanto ao FMI, adivinha o que política de austeridade faz? BINGO, incha o Estado e o chama para INTERVIR NA ECONOMIA! É, de fato, isso é mesmo coisa da esquerda, pois da direita é que não é.

    Sobre o Clinton, pelo visto não leu minha resposta nem o texto do Olavo, pois em ambas fica claro que não se falou em agente, mas em COLABORADOR, e, a não ser que a novilíngua comunista já os tenha igualado, os dois termos ainda são bem diferentes, apesar de próximos em certo sentido.

    Sobre o Vietnã, continua sendo uma especulação válida.

    Sobre os relatórios da Comichão da Inverdade, reservo-me o direito de não lê-los assim como você, pelo visto, nunca leu um texto do Olavo e não leu (ou não soube interpretar) esse meu texto. Fora isso, tanto eu quanto ele somos claros em falar que a Ditadura foi branda EM COMPARAÇÃO COM OS REGIMES COMUNISTAS DE STALIN E MAO, o que, convenhamos, é FATO.

    Sobre existirem comunistas no exército, isso é irrelevante, pois eles continuaram brotando em escolas e universidades ao longo das décadas de 1970 e 1980. Aliás, estar no exército ou não tem relevância zero no Brasil.

    Sobre estudar história, desculpe, dispenso as defecações escritas de Eric Hobsbosta e Boris Falso. Mando-lhe, aliás, estudar Lógica (que já é suficiente para refutar todas as suas afirmações), Filosofia (para abandonar de vez esse seu Marxismo) e Teoria Literária (pois só nela "Estória" e "História" podem ser usados indistintamente).

    Passe bem se puder.

    ResponderExcluir
  3. O comentário do Antônio não merece nem ser refutado. Só mando ir tomar no cu mesmo!

    ResponderExcluir
  4. Bem o primeiro foi trolagem! Porem esse aqui vai ser sério.
    Eu só vou comentar uma coisa seriamente, você não tem ideia do que seja realmente esquerda ou direita, apesar desse assunto ser controverso e a posição de determinados agentes variar de pessoa a pessoa, sua visão esta completamente destorcida.
    A grande diferença entre esquerda e direita se da na maneira como os agentes políticos dessas duas macro esferas veem a existência das desigualdades sociais ou seja se elas são a favor a contrarias ao que o nosso amigo Karl Marx chama de extração de mais valia.
    Ou seja a existência de estado e seu tamanho não tem nada a ver com a bagaça, tanto que uma das correntes mais tradicionais da esquerda é o anarquismo que é completamente anti-estado! Enquanto do lado da direita podemos pegar algo nacional como os Integralista que era extremamente a favor de um estado de economia planificada.
    O que esta faltando a você sobre esse assunto é uma boa leitura de politica de historia (Já te indiquei N autores bons não materialistas e pelo visto você não leu nenhum), pois politica é classificação politica é um assunto extremamente complicado e no qual encontramos semelhanças em ideias colocadas como opostas.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Se o primeiro foi trollagem, o segundo mais ainda.

    Sobre esquerda e direita, TEU CU, porque Marx sequer inventou o Comunismo (o que ele admite no Manifesto), quanto mais a esquerda, que é pré-Marx.

    Para aceitar a ideia marxista de mais-valia, é necessário, também, aceitar uma série de pressupostos marxistas, entre eles o materialismo histórico e o materialismo dialético, além das ideias de infra e superestrutura, o que requer um metafisicismo incrível e faria com que até mesmo sociais-democratas fossem de direita na sua ótica, algo que, convenhamos, é um absurdo lógico.

    Fora isso, provavelmente quem postulou essa regra de "esquerda x direita" foram, OH, marxistas materialistas, e não autores isentos. Também por isso eu rejeito essa regra e adoto uma muito mais lógica e racional, que é a do tamanho do Estado, que tem a ver sim com direita e esquerda. Afinal, existe uma baita diferença entre louvar o Deus Estado e querer um Estado Mínimo.

    Sobre o anarquismo, essa é apenas a versão mais revolucionária e utópica das esquerdas. Há, também, essa diferença entre esquerda e direita: a esquerda é revolucionária, a direita não. Ao querer instaurar a ordem ariana na Europa e no Mundo, dominados por ordens DIFERENTES, os nazistas estavam sendo o quê? BINGO!

    O que lhe falta, fora um bom dicionário e uma boa gramática, Antonio, é estudar Filosofia, Lógica, Interpretação de Textos (porque, se você leu o meu texto, interpretou pessimamente), Teoria Literária e um número tão infindável de coisas que nem vale a pena listar.

    Como disse na primeira resposta, passe bem, se puder.

    ResponderExcluir
  6. Desisto! Não dá pra discutir com radicias doutrinados e sem senso crítico, Não importe a fonte que use da teoria que fale vc sempre vai bater com essa ideia de um grupo radical e desonesto de extrema direita que não aceita a pluralidade dessa macro representação politica. Portanto só vou fazer uma citação de um defensor do "laissez-faire" o norte americano Thomas Sowell ele diz "aquilo a que se chama Direita são simplesmente os vários e distintos oponentes da Esquerda. Esses oponentes da Esquerda podem não partilhar nenhum principio especifico, muito menos um programa comum, e podem ir desde libertários defensores do mercado livre até defensores da monarquia, da teocracia, da ditadura militar ou outros inumeráveis principios, sistemas ou agendas" Como a esquerda é comumente colocada como: "grupo que busca a mudança do enfoque social, com o intuito de criar uma sociedade mais igualitária." acho que meus comentários tem muito mais fundamento que as abobrinhas que vc tem falado.
    OBS: Pelo visto quem tá com problema de interpretação de textual é você com essa incapacidade de ter uma visão critica e de ver tal ponto como o verdadeiro e simplesmente esquecer de ler e ver quais as criticas feitas pelos opositores a essa ideia.
    Obs 2: E sim tenho que estudar muito porem diferente de você não me prego apenas a uma posição em qualquer assunto que seja, seja Economia, Politica, Artes, Urbanismo, Sociologia dentre outras, uma coisa que fico muito feliz de minha formação é a pluralidade das minhas fontes eu li muita coisa que você falou e citou e você leu as minhas indicações?
    Obs 3: E por favor mais educação na maneira como escreve, vc estuda letras.
    Obs 4: Para ampliar a sua visão de nazismo http://filmescomlegenda.tv/fcl/o-triunfo-da-vontade-triumph-des-willes-1935/ Preste bem atenção nos discursos e técnicas usadas nesse filme, como de outros com o mesmo intuito propagandista. (Indiquei esse pois é de longe o melhor) e procure ser o mais imparcial possível e se mantenha com uma visão extremamente crítica, Até!

    ResponderExcluir
  7. Falo o mesmo que você na questão de radicais sem senso crítico. Sim, é óbvio que a direita é plural, mas existe uma diferença brutal entre crença no estado inchado e crença no mercado. Se Sowell disse algo diferente disso (e pode ter dito quando era COMUNISTA), ele errou feio.

    Sobre visão crítica, "graças a deus" que sou incapaz de tê-la, pois visão crítica geralmente se subordina aos dogmas e crenças do Marxismo, ou seja, fora do Marxismo não existe visão crítica.

    Sobre se apegar a uma visão, desculpe, sou apolítico e anti-ideológico, mas minhas verves de conservador e a de marxista ainda fervem contra imbecis que querem fazer revolução cultural (e aqui ferve meu marxismo antigo) na base da mentira (conservadorismo)

    Sobre a sua terceira observação, é típica de quem não tem de louvar à deusa da Sociolinguística, Mar com os Banhos, cujas ideias são puramente uma reedição pseudo-científica e "cool" do marxismo materialista dialético.

    Sobre a sua observação 4, aqui eu te pego, pois técnicas de propaganda, historicamente, são especialidades da esquerda, não da direita, que, perto daquela, não chega ao nível de marketing de um aluno do primário. A direita só aprendeu a brigar culturalmente agora, a esquerda o faz há anos. Então, sorry, véi, tá falando merda ainda.

    Mais uma vez, passe bem, se puder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 Vc não é apolítico, pois você com certeza não fica longe do debate desse assunto.
      2 A OBS 4 foi só uma indicação de um filme feito pelo ministério da propaganda os nazistas no qual apare muito bem os detalhes e as características desse pensamento politico, não foi falando nada alem disso. (Acho que não sou só eu que preciso de aulas de interpretação de texto).
      3 bem o mercado se opõe ao estado forte então como países com Austrália, Nova Zelândia, Suíça e Canadá dentre outros conseguem ter uma alta carga tributária e ao mesmo tempo estarem entre as economias mais livres do mundo?
      Até

      Excluir
    2. 1- Meu parâmetro para "política" é bem diferente do seu, do da esquerda e do da direita. Chamo-me, então, de "apolítico" por isso.

      2- A OBS 4 foi uma merda, na moral

      3- Canadá e Suíça com livre-mercado? HAHAHAHAHAAHAHAHA

      Excluir
    3. 3 - De acordo com o Ranking de Liberdade econômica eles são quinto e sexto colocados!

      Excluir
    4. Deixe-me adivinhar quem fez esse Ranking... ah, sei, COMUNISTAS.

      Fora isso, eu bem sei que, em novilíngua comunista, liberdade "econômica" e de mercado são bem diferentes. Tente outra, brother.

      Excluir
  8. E sobre os fetos abortados? Por que você não falou sobre eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria? A acusação sobre os fetos está correta. Falei sobre as falsas.

      E outra, ao contrário do que eu pensava na época em que escrevi esse post, o trabalho de Olavo é uma bosta sim, mas continua achando que não por causa dessas acusações. Errar todo mundo erra, porra.

      Octavius

      Excluir
  9. Perfeito. Paciência que supera a do próprio Olavo. De fato Olavo têm razão no mais promordial de tudo: todos ferem a arte da discussao na base. Ao atribuir afirmaçoes foras
    do explicito, ao mudar o valor das palavras etc. Mesmo se ele fosse um charlatao, ou caso o seja, se preocupa com habitos filosoficos saudaveis milenares. E deste parte disto aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por olavagens como essas que eu me arrependo profundamente de ter escrito esse texto :v

      Excluir
  10. bom, aparentemente vc se arrependeu de ter dado crédito ao Olavo um dia, qual o motivo dessa reviravolta ?

    ResponderExcluir